Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Aprovada em 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e sancionada pelo presidente no dia 17 de setembro de 2020, tem por objetivo proteger os direitos fundamentais de liberdade e privacidade, além de garantir o livre desenvolvimento da personalidade da pessoa natural.

Isso quer dizer que a partir do momento que foi sancionada, a lei passará a vigorar com efeitos imediatos para todos os artigos, porém, sem a possibilidade de aplicação de multas. Estas por sua vez, poderão ser aplicadas somente a partir de Agosto de 2021. Essa é uma lei que traz vários pontos que precisam ser compreendidos por todos os indivíduos de uma organização, e o que isso tem a ver com Educação Corporativa?

Primeiro, vamos entender um pouco mais sobre o que trata a LGPD e seus princípios:

 A LGPD é um importante marco para o tratamento de dados pessoais uma vez que, ela rege um conjunto de normas que tem como objetivo proteger a privacidade das pessoas além estabelecer uma relação mais transparente entre empresas, clientes e colaboradores em relação a coleta de dados pessoais ou dados pessoais sensíveis.

Para que isso ocorra, ela destaca 10 princípios:

Finalidade: Toda vez que a sua empresa solicitar algum dado pessoal, deverá informar para qual finalidade serão utilizados esses dados.

Adequação: Todas as perguntas utilizadas para a coleta de dados devem ser adequadas para a situação e finalidade na qual serão utilizadas.

Necessidade: A empresa deverá apresentar um motivo legítimo e realmente necessário para coletar tais dados.

 Livre acesso: Toda a pessoa deverá ter fácil acesso aos dados que forneceu para a sua empresa.

Qualidade de dados: A empresa deverá garantir ao titular que os seus dados sejam verdadeiros e estejam atualizados.

Transparência: A empresa que detém os dados deve ser transparente em relação a forma como eles estão sendo utilizados e deve por exemplo, ter o consentimento do titular para usar esses dados para uma pesquisa interna.

Segurança: A empresa deverá garantir a segurança dos dados que por ela forem coletados.

Prevenção: A empresa precisa adotar medidas de prevenção para que os dados que ela detém não sejam invadidos por terceiros.

Não discriminação: É extremamente proibido que a empresa que detém os dados utilize-os para promover algum tipo de discriminação. Aqui, estamos falando sobre a proteção de dados pessoais sensíveis.

Responsabilidade e prestação de contas: A empresa precisa provar que está seguindo corretamente todas as medidas mencionadas anteriormente, caso contrário, estará sujeita a cumprir as penalidades previstas nessa lei!

Binary code, Password security, taking out with tweezers

Muito bem, já sabemos o que é a LGPD e que de alguma forma, todos nós seremos afetados por ela, mas e agora, o que isso tem a ver com Educação Corporativa?

Estamos falando de uma lei que irá causar grandes impactos na forma como agimos perante nossos clientes e colaboradores e mais uma vez, o conhecimento e informação são peças fundamentais para esse cenário de incertezas.

Sabemos que toda a mudança gera desconforto e como desenvolvedores de pessoas que somos, a área de educação corporativa precisa estar preparada para entender como o seu público alvo (colaboradores e clientes) irão reagir diante desses novos desafios e mais ainda, prepará-los para essas mudanças.

É aí que entra um olhar crítico e sensível para a capacitação que essas pessoas deverão passar e diante da relevância e da urgência do tema, os cursos digitais são uma ótima opção e podem fazer a diferença para as empresas que querem se destacar e sair na frente!

E nesse momento, você deve estar se perguntando: Quais aspectos em termos de capacitação eu devo levar em consideração para desenvolver os colaboradores, clientes e parceiros da minha empresa?

Em primeiro lugar, é extremamente importante que tanto os colaboradores quanto clientes e parceiros saibam quais são os seus direitos e deveres. Portanto, dê prioridade a capacitações que utilizam abordagem simples e andragógicas para explicar o que é a LGPD e seus impactos.

Além disso, ainda não mencionado, mas não menos importante, surgem alguns novos “papeis” importantes dentro da organização, gerando a demanda de mapeamento de processos e integração de terceiros ou novos colaboradores, que mais uma vez, podem ser feitos maneira eficiente através de cursos digitais, presenciais ou híbridos. 

Outro ponto importante é preparar o seu colaborador para que ele saiba como fazer uma abordagem assertiva ao coletar dados e repassar informações, uma vez que, um dos pontos mais críticos da LGPD é garantir a transparência e a segurança da informação que está sendo tratada.

Para isso, é importante mais uma vez, que a área de educação corporativa entenda quais são os gaps de seus colaboradores e aposte em treinamentos para saná-los e aqui vale ressaltar uma dica importante: Procure entender como o seu colaborador está abordando o cliente e busque capacitá-lo em temas como atendimento, empatia e comunicação.

Como você pode perceber, o tema LGPD certamente é bastante desafiador e ainda poderíamos abordar muitos aspectos que precisam ser desenvolvidos pela área de educação corporativa para apoiar a empresa e para que, colaboradores, clientes, parceiros e todos os afetados se sintam realmente preparados para lidar com esse novo cenário.

Por isso, fica a pergunta: E você e sua empresa, já buscaram entender mais sobre a LGPD e seus desafios?

Nós te convidamos a entrar aqui e conhecer um pouco sobre o curso digital “Fundamentos da LGPD” que a TOT Educa preparou para a sua empresa!

outros artigos

Cursos de Prateleira

COPYRIGHT © 2020. TOT EDUCAÇÃO CORPORATIVA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE