Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

O design instrucional é um método de elaboração de experiências de aprendizagem que, na perspectiva de instrutores e alunos, ajuda a preservar o conhecimento e a tornar o processo de aprendizado mais eficaz e atraente.

É importante que as pessoas que pretendem produzir cursos, independentemente de virtuais, presenciais ou híbridos, entendam todo o processo que envolve o desenvolvimento de um treinamento.

Primeiramente, o profissional de designer responsável por criar essa experiência deve verificar quais são as demandas dos alunos e formular todo o conteúdo do curso de modo que atendam essas demandas.

Existem vários modelos de design instrucional, os mais populares são: Taxonomia de Bloom, o modelo ARCS, o modelo ágil e o método ADDIE.

Neste artigo nós abordaremos sobre esse último tipo de design instrucional. Continue a leitura e confira!

método-addie-1

Por qual motivo o design instrucional é importante no ensino digital?

Nos métodos tradicionais de educação muitas vezes todo o cenário e contexto dos alunos não é levado em consideração durante a elaboração de um curso, ocasionando aulas desestimulantes e baixa motivação dos participantes. Os modelos do design instrucional se fazem importante no ensino digital pois visam implementar melhores métodos de aprendizagem, com intuito de manter os alunos engajados e aumentar a retenção das informações transmitidas.

O método ADDIE

Esse método existe há mais de 100 anos e foi se aperfeiçoando ao longo dos tempos. Inicialmente ele foi desenvolvido e utilizado para atender as demandas do exército norte americano.

Atualmente ele é usado para diversas finalidades, incluindo o desenvolvimento de cursos.

A sigla ADDIE representa 5 palavras em inglês, Analyze – Design – Develop – Implement – Evaluate. Traduzindo essas palavras: Análise, Design, Desenvolvimento, Implementação e Avaliação.

Cada palavra compreende uma etapa com diversas atividades e estratégias. Vamos ver abaixo um pouco mais sobre cada uma delas:

Análise

Essa etapa do método ADDIE pode ser vista como o momento de estabelecer os objetivos. Nesse estágio, o foco dos designers instrucionais deve ser o público-alvo.

É também neste ponto que deve ser identificado quais são as habilidades e conhecimentos dos alunos. Isso visa garantir que eles não estudem o que já sabem, mas sim foquem em novos tópicos e conteúdos que ainda não foram vistos.

Essa etapa aborda algumas questões:

  • Avaliação geral dos participantes: Nessa fase é possível considerar dados pessoais e educacionais, tais como: idade, nacionalidade, nível de educação, experiências anteriores e outros tópicos de interesse.
  • Quais são as demandas dos alunos e o que eles devem atingir ao final do curso.
  • Fisicamente e mentalmente, o que é necessário em termos de capacidades, intelecto, percepção e resposta à ação? Quais são suas expectativas em relação aos resultados de aprendizagem?
  • Revise as estratégias de ensino que já foram aplicadas e verifique se ainda são adequadas. O que mais precisa ser adicionado, elaborado ou melhorado?
  • Verifique qual tipo de ambiente é mais apropriado para o desenvolvimento do curso. Analise qual se encaixa melhor as necessidades, métodos virtuais ou presenciais, ou os dois em conjunto.
  • Identifique as restrições que afetam o projeto e seus objetivos. Os recursos necessários estarão disponíveis, tais como técnicos, tempo, recursos humanos e financeiros, habilidades técnicas…

Design

Este estágio determina todas as metas e ferramentas usadas para atingir o objetivo, vários testes, estruturas, análise de assuntos, planos e recursos. Durante essa etapa do método ADDIE o Designer Instrucional deve estabelecer:

  • Diversas ferramentas de mídia a serem usadas. Serão utilizados recursos existentes de terceiros ou será ​​necessário a criação de alguma ferramenta?
  • O nível e tipo de tarefas a serem abordadas durante o curso.
  • Tempo de duração previsto para cada etapa do curso.
  • Método para avaliar o nível de aprendizagem dos alunos ao decorrer e final do curso.
  • Mecanismo utilizado para receber o feedback dos alunos.

Desenvolvimento

Neste estágio, o designer usa os dados coletados na etapa anterior e utiliza esses materiais para elaborar um curso baseado no conhecimento que deve ser repassado aos participantes.

A fase de desenvolvimento do método ADDIE envolve pôr as ideias em prática e também algumas outras questões, veja abaixo:

  • A estimativa de tempo é consistente com o material a ser concluído? O conteúdo está sendo criado com base na agenda pré-estabelecida?
  • Os envolvidos estão trabalhando em equipe e da melhor forma possível?
  • O material produzido está atendendo ao objetivo previamente determinado?
método-addie

Implementação

Essa etapa visa garantir a máxima eficácia e obter resultados satisfatórios. Caso necessário o designer instrucional deverá remodelar o curso para que atenda as expectativas.

Além disso, é importante que nada seja decidido antes de uma análise minuciosa. Portanto, talvez seja necessário implementar fases experimentais ou períodos de teste.

Veja a seguir alguns pontos avaliados durante essa fase do método ADDIE:

  • Durante o decorrer da análise do curso que feedback emocional você recebeu de alunos e instrutores? Há evidências reais de interesse, crítica ou resistência?
  • Estabeleça como lidar com os erros descobertos durante o período de teste. Elabore um plano sobre os procedimentos que serão realizados quando os alunos fizerem as atividades, mas não saírem conforme o esperado.
  • Caso o projeto não funcione é preciso deixar estabelecido um plano B, também deve ficar planejado os procedimentos em casos de problemas técnicos.

Avaliação

Essa etapa do método ADDIE é o momento onde tudo deve ser testado detalhadamente para garantir a maior eficácia do curso.

Nessa fase é verificado as métricas definidas para medir os resultados, monitorado se a estrutura projetada para o treinamento efetivamente atinge os objetivos esperados.

Também é preciso verificar se os materiais e conteúdos elaborados são realmente usados pelos alunos e se são eficazes.

Porém, é importante ressaltar que essa não é a última etapa, pois a avaliação deve ser feita durante todo o desenvolvimento do projeto.

Considerações finais do método ADDIE

Como você pôde ver, cada passo do método ADDIE adiciona informações relevantes para o prosseguimento das etapas seguintes.

Para que o projeto formativo acumule conhecimentos e atraia alunos, é imprescindível que o designer compreenda os indicadores de gestão e a avaliação das necessidades estabelecidas para cada projeto.

Ainda, é importante mencionar que ele pode ser utilizado tanto do ponto de vista macro, para a elaboração de cursos completos, ou em nível micro, para a produção de materiais didáticos isolados.

outros artigos

Cursos de Prateleira

COPYRIGHT © 2020. TOT EDUCAÇÃO CORPORATIVA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE