Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no twitter

Como você avalia a experiência do aluno?

Medir a aprendizagem normalmente envolve a aplicação de um questionário aos participantes no final do treinamento, conhecido também como Avaliação de Reação.

Os dados resultantes, fornecem aos líderes e especialistas da área de educação, uma visão do que aconteceu durante a aula ou curso. O número de horas em treinamento ou as respostas obtidas, também podem ser usados ​​para mostrar resultados no programa ou a evolução do negócio.

No entanto, esses relatórios não preparam a liderança da organização para tomar decisões sobre o desenvolvimento de novas habilidades e sua aplicação para um mundo de negócios dinâmico e disruptivo.

A pandemia despertou a consciência sobre o uso de outras métricas

A pandemia de COVID-19 evidenciou as deficiências do uso de métricas retrospectivas para descrever o estado atual da força de trabalho. A falta de dados limita a capacidade de uma organização de sobreviver aos imprevistos e também limita o seu desenvolvimento.

Uma pesquisa da Deloitte descobriu que os líderes precisam de visões voltadas para o futuro sobre sua equipe de trabalho, para que possam tomar decisões melhores e mais rápidas sobre a direção da organização.

Antes da pandemia, 97% dos entrevistados disseram que precisavam de informações adicionais sobre as capacidades de sua força de trabalho, mas apenas 11% das organizações disseram que eram capazes de coletar informações sobre sua força de trabalho em tempo real.

O que está sendo feito?

Novas medidas são necessárias para avaliar os resultados das experiências de aprendizagem. É evidente que uma visão holística é necessária – e está sendo adotada por muitas organizações que buscam prosperar.

Pode-se descrever a experiência de aprendizagem como “diversas atividades ou experiências realizadas por alunos em diferentes ambientes e modalidades de aprendizagem que permitem a aquisição e aplicação de conhecimentos, habilidades, comportamentos e atributos”.

A cultura organizacional como aliada

Com o aprendizado sendo aliado da cultura organizacional, no lugar de um evento, as organizações precisam voltar a atenção para o engajamento da força de trabalho. 

Quanto os trabalhadores estão usando as ferramentas e recursos fornecidos a eles? Com que frequência eles compartilham conhecimento com outras pessoas? O que os funcionários pensam sobre a empresa?

Insights contínuos sobre os sentimentos, normas e comportamentos dos colaboradores, ajudarão a liderança a compreender a cultura, identificar os riscos e decidir o que fazer para atingir os objetivos da organização.

Vejamos um exemplo: considere como medir os resultados de uma experiência de aprendizagem marcante para novos funcionários promovidos ou novas contratações, chamamos aqui de Onboarding.

A organização oferece conteúdos digitais ricos em recursos com vídeos, artigos, planilhas, games, podcasts e materiais de apoio. Os alunos colaboram com outros nas atividades durante as sessões de trabalho com a orientação de especialistas no assunto. É dado tempo para reflexão e compartilhamento.

Nesse caso, como a organização saberia se foi feito um bom investimento produtivo?

Os resultados de tal experiência de aprendizagem são difíceis de medir, de fato. Isso inclui a sensação do aluno de ser compreendido pelos designers instrucionais, seus sentimentos de curiosidade e realização, e a confiança de que eles têm uma comunidade de apoio na qual podem compartilhar informações.

Como você mede esses elementos qualitativos da experiência de aprendizagem?

Comece esclarecendo quais perguntas sua organização deseja responder. Use o engajamento dos funcionários ou pesquisas de clima ou outras fontes de dados para aprender mais sobre seus colaboradores. O que os trabalhadores em diferentes níveis e ocupações querem fazer no futuro? Você informou aos trabalhadores sobre os requisitos de habilidades futuras? Avalie sua tecnologia para descobrir quais dados são coletados atualmente e quais perguntas esses dados podem responder. Finalmente, identifique suas lacunas e pesquise novas tecnologias para preencher essas lacunas.


Por fim, gostaríamos de trazer você a se questionar: Quais perguntas sobre experiências de aprendizagem você gostaria de ajudar sua organização a responder?

Caso queira nosso auxílio nesse sentido e deseje discutir mais detalhes, fique à vontade para entrar em contato conosco através dos nossos canais de comunicação, que será um prazer agendarmos uma conversa online para debatermos sobre o assunto.

outros artigos

Cursos de Prateleira

COPYRIGHT © 2020. TOT EDUCAÇÃO CORPORATIVA. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

POLÍTICA DE PRIVACIDADE